Como realizar a melhor escolha?

Existem várias maneiras de entrar em cena. Se a performance está certa ou errada, o resultado irá dizer!? Talvez!!

Para que a dúvida não seja um fator de risco, é necessário a busca por informações, assim como para qualquer negócio, esses dados devem estar em um planejamento.

Vamos abordar o tema escolhas e ver onde elas podem nos levar.

Você já fez a primeira escolha, de continuar assistindo o vídeo, parabéns, é o primeiro passo para uma nova percepção.

Quando fazemos escolhas, (muitas vezes influenciadas, por reações a estímulos, através da emoção, curiosidade, necessidade entre outros), estas devem ser feitas em prol de um objetivo, sem a interferência de fatores externos.

Sua decisão, pode levar a outras escolhas. Imagine um fluxograma, onde dependendo da resposta, você precisa retornar, e começar novamente. Como no dia-a-dia, na alimentação, seja na roupa, nas palavras, e também com o nosso tempo livre. Resultado dessas escolhas.

Para a tomada de uma decisão, precisamos analisar onde ela pode nos levar, se há opção de uma outra alternativa. Muitas vezes a escolha é através do benefício imediato, e o que nos falta é analisar as consequências.

Assim como a Terceira Lei de Newton, onde toda ação tem reação.

Nossa visão não pode se limitar ao momento, mas sim no que realmente desejamos.

Dê significado as escolhas, reflita. Muitas escolhas precisam de um auxílio de fora, para poder formular uma boa resposta sobre a ação a ser tomada.

Deve ser levado em conta se esta escolha aproxima mais do objetivo, se resultara na melhor opção na jornada. É necessário calcular, pensar, e não agir pelo impulso.

Mesmo com tudo isso, a tomada da decisão, pode ser muito ágil, e até simples.  Nosso cérebro processa informações rápidas, mas para isso, precisamos manter um equilibro entre nossa emoção com a razão. Seu sucesso profissional e pessoal, dependem das suas escolhas. Pense nisso!